Found 517 result(s)
Found 52 page(s)

Aprender a usar o dicionário: reflexões sobre as instruções de uso em dicionários de espanhol para aprendizes brasileiros

  • Nadin, Odair Luiz
  • Fuentes Morán, María Teresa
[POR]A consideração do dicionário como material didático complementar nos processos de ensino e de aprendizagem de línguas tem ganhado espaço na didática das línguas em consonância com a evolução atual das teorias que a sustentam, sejam estas de caráter comunicativo, intercultural, sociocultural. Para que o docente e o aprendiz possam tirar maior proveito da obra lexicográfica, faz-se necessário que possuam certa consciência do “para que a obra serve”, “como ela funciona”, “o que se pode esperar dela”. Para tanto, as instruções de uso que costumam figurar entre os gêneros discursivos presentes nos dicionários são essenciais. Assim, apresentamos no presente texto uma descrição analítica de como são (ou se são) apresentadas as instruções de uso em oito dicionários bilíngues no par de línguas português e espanhol para aprendizes brasileiros (Esencial, 2006; Santillana/ Moderna, 2008; FTD/ Edelvives, 2014, entre outros). O objetivo da análise é, por um lado, discutir se as instruções possuem características do gênero prescritivo/ instrucional e, por outro se, independentemente da forma como são apresentadas as informações, podem contribuir ao efetivo uso didático da obra lexicográfica.
Project:


Identidade e diferença, expressões superficiais: sobre o “Uso da Intuição” como fundamento da compreensão em Simmel, Identity and Diference, Superficial Expressions: About the "Use of Intuition" as the Basis of Comrehension in Simmel

  • Franco Rodríguez, Reynner Rafael
[POR]A controvérsia em torno da compreensão histórica e supra-histórica oferece a Simmel algumas chaves para criticar a concepção mecani- cista da intuição, atravessada pelo suposto de que a compreensão se consuma mediante processos de interacção entre elementos idênticos e/ou diferentes. Contra esta posição, Simmel redesenha o sentido (e os elementos) da interacção própria da compreensão, propondo a noção de “uso da intuição” como fio condutor do com- preender. Este enfoque articula-se com a sua viragem especifica, pragmático-evolutivo-vitalista, do transcendentalismo kantiano. O “uso da intuição” revela-se como o modo fáctico de aceder a uma “totalidade vital” supra-individual. Tanto pela sua função, como pelo seu conteúdo, esta noção poderia corresponder ao principal suporte ou fundamento da compreensão, a qual deve ser suposta com o âmbito ou a condição da dedução., [EN]The controversy surrounding the historical comprehension and the suprahistorical comprehension provides Simmel with some keys to criticize the mechanistic conception of intuition, grounded on the assumption that comprehension is reached by processes of interaction of identical and/or different elements. Against this, Simmel redefines the meaning (and the elements) of the interaction of comprehension itself by suggesting the notion of “use of intuition” as a connecting thread to come to understand. This approach is related to Simmel’s particular – pragmatic- -evolutionary-vitalist – turn on Kant’s transcendentalism. The “use of intuition” is revealed as a factual way to access a supraindividual “vital totality”. In terms of both, its function and its content, this notion could form the main support or foundation of comprehension, which should be taken as a field or condition of the deduction.
Project:


Análise do uso da tecnologia móvel no processo de alfabetização de crianças de 6-8 anos

  • Rosseto, Alessandra Dedéco Furtado
  • Dutra, Alessandra
[PT]O presente estudo pretende analisar o uso da tecnologia móvel no processo de alfabetização de crianças de 6-8 anos. Para isso, foram selecionados os seguintes tipos de pesquisa: descritiva bibliográfica, de campo e analítica. Os resultados mostraram que os professores informantes concordam que o uso da tecnologia móvel pode ajudar as crianças no processo de alfabetização, instigando o gosto pela leitura e escrita por meio de diversificados tipos de textos e ferramentas, sobretudo aqueles disponíveis nos aplicativos do ipad ou tablet. Embora a tecnologia auxilie e possibilite o uso de ferramentas motivadoras no processo de alfabetização, ela não consegue substituir o desenvolvimento de habilidades específicas no processo de escrita.
Project:


“Fale bem” ou “reclame” de seu professor: uma contribuição da Mineração de Dados Educacionais nas avaliações das práticas docentes

  • Santos, Fabio De Paula
  • Pineda Lechugo, Carla
  • Silveira, Ismar Frango
[EN] This paper is part of doctoral thesis that aims to propose a model and your posterior application of data mining techniques in a set of students answers collected during a Teacher Evaluation. Therefore, the authors propose an Institutional Teaching Evaluation model that applies, among others, the Sentiment Analysis to identify which teaching practices are positive or negative from the perspective of students from Higher Education Institution. Differently than the current Institutional Evaluation models, that starting from their evaluators’ assumptions, this model allows the answers about best pedagogical practices are discovered by Educational Data Mining, looking to find new categories of analysis in the discourse of these students and contribute to becomes more effective the Teachers Evaluation and promote reflections about teaching practices.
Project:


Um instrumento para avaliação da aprendizagem em educação online a partir da análise de conteúdo

  • Júnior, Maurício Vieira Dias
  • Mercado, Luis Paulo Leopoldo
[EN]From the beginning, the online education became evident the need for new ways of performing the process of teaching and learning, as in the special case of its evaluation, according to Rocha [18] "suffer interference from their singularities". [5], [9], [12] and [20] also express concern with this peculiarity of online assessment. [4] motivated the creation of tools able to meet increasingly, this demand. With that emerge up new strategies, with the inclusion of new instruments to absorb the evaluation process referred to in this context. Among them, there is the content analysis technique created by [3], which provides an interpretation of quantitative and qualitative interfaces (for example a forum) interactions arising by students through computer tools that incorporate these techniques. The purpose of this article was to conduct a literature review on the relationship between the use of context analysis to evaluation in online education, followed by the application of a real forum in Tropes software in order to prove or disprove the help of these instruments in the evaluation in online education.
Project:


Letrinhas: ensinar, aprender e avaliar com conteúdos multimédia

  • Manso, António Manuel Rodrigues
  • Dias, Pedro Miguel Aparício
  • Morgado, Felisbela Maria Falcão
  • Pestana, Renato
  • Marques, Célio Gonçalo Cardoso
  • Ferreira, Ana Paula Faria
  • Pereira, Cristiana
[PT] Os dispositivos móveis criam oportunidades de aprendizagem às quais a escola não pode ficar alheia. Se aliarmos essas potencialidades a necessidades específicas de alunos e professores, estaremos a caminhar em direção ao sucesso educativo. Foi neste âmbito que surgiu o Letrinhas, sistema de informação que visa a melhoria da competência leitora dos alunos, desenvolvido pelo Instituto Politécnico de Tomar (IPT) em resposta a um desafio lançado pelo Agrupamento de Escolas Artur Gonçalves, em Torres Novas. A adesão dos professores e alunos a este sistema, bem como a avaliação já efetuada, aponta para um impacto positivo na melhoria da competência de leitura dos alunos envolvidos e criou um novo desafio aos seus autores: expandir o Letrinhas a outros conteúdos curriculares, colmatando uma necessidade evidenciada pelos professores do Agrupamento. Desta forma, apostando nas potencialidades do m-learning, foi desenvolvida uma nova versão do Letrinhas que disponibiliza novos recursos que permitem a criação de conteúdos sobre os programas curriculares de qualquer área disciplinar, bem como a sua avaliação automática. Desta forma, os docentes poderão construir cenários de aprendizagem interativos que favoreçam o desenvolvimento de competências, a reflexão e a autonomia dos seus alunos.
Project:


Percepção para a Cooperação. Estudo de Caso em editores de textos Web na perspectiva de usuários cegos

  • Prestes Machado, Rodrigo
  • Conforto, Débora
  • Santarosa, Lucila
[PT] Este artigo problematiza os limites e as possibilidades da interação de usuários cegos com editores de textos Web colaborativos. Caracteriza-se como uma pesquisa qualitativa, exploratória/explicativa, cujo objeto de estudo é a implementação de regiões vivas, ferramenta de acessibilidade que opera como condição de possibilidade para a interação e a interdependência positiva entre usuários cegos e aplicativos Web cooperativos. Com base no contexto sociocultural de afirmação da diferença e nos espaços-tempo de cooperação estabelecidos pela Web 2.0, conceitualmente alicerçado na área de pesquisa da Computer Supported Cooperative Work, a trajetória de investigação consiste em discutir o potencial de cooperação e de autoria individual e coletiva em ferramentas de Groupware quando em interação com sujeitos com deficiência visual.
Project:


A utilização dos Recursos Educativos Digitais: O contributo de uma investigação na Prática de Ensino Supervisionada no 1.º CEB

  • Ribeiro, Joana
  • Gil, Henrique
[PT] O presente artigo tem como objetivo refletir sobre o impacto das Tecnologias da Informação e da Comunicação (TIC) em contexto educativo, focando os potenciais contributos da utilização dos Recursos Educativos Digitais (RED) no processo de ensino e de aprendizagem. Para o efeito, serão apresentados os resultados da utilização do RED: Aula Digital – O Mundo da Carochinha 1.º Ano. O estudo foi concretizado numa turma do 1.º ano de escolaridade do 1.º CEB, constituída por 27 alunos, com idades compreendidas entre os 6-7 anos, num Agrupamento de Escolas da Cidade de Castelo Branco, no âmbito da Prática de Ensino Supervisionada. Os resultados obtidos após a análise e tratamento dos dados permitiram concluir que ao utilizar este RED os alunos demonstraram terem adquirido os conteúdos abordados, pelo facto de se terem potenciado níveis de maior interesse, empenho, motivação, envolvimento e espírito de iniciativa no decorrer das atividades propostas. Porém, talvez pelo facto de serem alunos de 1.º ano do 1º CEB, não descuram a presença e o acompanhamento da professora e a utilização de recursos em suporte papel. Quer isto dizer que deve haver uma complementaridade que concilie o fator humano (professora), com a utilização de recursos em suporte digital e recursos em suporte papel (Manual).
Project:


Iniciativas e experiências em Recursos Abertos Educacionais (REA) no ensino superior

  • Bohrer, Emmanuel J.
  • Keiko, Marina N.
  • Silveira, Ricardo Azambuja
  • Teodoroski, Rita de Cassia C.
[PT]—Em uma sociedade globalizada, interconectada, em rede, onde a informação e o conhecimento são um diferencial, fazse necessário que o direito à educação com qualidade seja universalizado. Os Recursos Educacionais Abertos (REA) são materiais dos alunos, professores e pesquisadores na WEB, amparados por licenças, que auxiliam na criação, uso, reuso, remixagem, disseminação e compartilhamento do conhecimento, auxiliando os processos de ensino e aprendizagem. O objetivo deste é conhecer de que maneira autores têm tratado a educação aberta na atualidade – como um movimento coletivo, de pessoas e instituições públicas e privadas - em seus projetos, programas e materiais educacionais e na promoção de ações voltadas à construção de conhecimento - que tornem a educação mais acessível para todos. É relevante refletir, discutir e trazer à luz novos conteúdos que demonstrem a variação que existe sobre a utilização conceitual do REA, tanto em terminologias como nas práticas, principalmente no âmbito do ensino superior, transformando dessa maneira às concepções de tempo e espaço educacionais.
Project:


Qualidade, reuso e... remix: Adaptando uma metodologia de OA para REA

  • Vieira, Miguel Said
[PT]Este trabalho apresenta algumas metodologias de desenvolvimento de objetos de aprendizagem (OA), e discute a aplicação de uma delas — a metodologia INTERA — para o desenvolvimento de REA. A metodologia INTERA (Inteligência, Tecnologias Educacionais e Recursos Acessíveis) diferenciou-se de propostas anteriores por buscar conciliar o cuidado com aspectos técnicos e pedagógicos do desenvolvimento; sua abordagem visa aumentar a reusabilidade dos materiais desenvolvidos por meio da garantia de sua qualidade em ambos esses aspectos. Pelo fato de tratar-se de uma metodologia para desenvolvimento de OA, no entanto, ela é relativamente neutra ou omissa em relação a aspectos importantes para REA -- como as garantias legais para o reuso, e as condições técnicas e materiais para permitir a adaptação ou remixagem. O trabalho identifica processos e etapas da metodologia INTERA em que surgem esses aspectos (bem como os atores que devem intervir neles), e faz recomendações para que ela possa ser utilizada com sucesso também no desenvolvimento de REA.
Project:


Advanced search