Repositorio

Uma década de auto avaliação institucional: o que mudou na percepção dos docentes?, A decade of institutional self evaluation: what has changed in teachers perception?

Belmonte Nascimento, Zulmar, Zampieri Grohmann, Márcia
Os estudos acerca da avaliação institucional no Brasil ocorrem desde os anos 80, mas tem se intensificado a partir dos anos 90. Neste período, as diferentes políticas educacionais implantaram vários programas com a finalidade de controlar e avaliar o ensino superior, e dessa forma justificar os gastos nesta área e ao mesmo tempo fornecer profissionais mais qualificados ao mercado. Este artigo busca comparar a satisfação dos docentes com a AAI em uma Instituição de Ensino Superior Federal em 2001 e 2011. A metodologia utilizada no trabalho foi uma pesquisa descritiva, onde foi aplicado um questionário em uma amostra de 217 docentes. Os dados foram analisados com o apoio do software SPSS, para realizar a estatística descritiva e comparar as médias com o Teste T. Os principais resultados encontrados indicam que comparando os estudos de 2001 com o de 2011, foi observado que, dos 45 itens pesquisados, 49% mantiveram o mesmo nível de satisfação, 4% melhoraram e 47% apresentam uma satisfação menor. Conclui-se que os principais motivos para uma piora na avaliação é a sobrecarga de trabalho dos docentes, que não tem tempo para dedicar-se ao processo de AAI, e a falta de resultados concretos do processo, já que não há uma clara relação entre as demandas encontradas e às ações praticadas pela instituição no sentido de melhorá-las., Researches about institutional evaluation occur in Brazil since the 80s, but has intensified from the 90 years. During this period, the different educational policies implemented several programs to monitor and evaluate higher education and thus justify the spending in this area, while providing more qualified professionals to the market. The present research intends to compare teachers' satisfaction with the AAI of UFSM in 2001 and 2011 researches. The methodology used in this research was a descriptive study, which was administered one questionnaire in a sample of 217 teachers. The data were analyzed with the help of SPSS software to perform descriptive statistics and compare the means with t test. The main results show that comparing the researchers conducted in 2001 and 2011, it was noted that the 45 items surveyed, 49% maintained the same level of satisfaction, improved 4% and 47% have a lower satisfaction. It is concluded that the main reasons for a decline in the Institutional Self Evaluation is the workload of teachers who do not have time to devote to the process of AAI, and the lack of concrete results of the process, since there is no clear relationship between demands encountered and actions taken by the institution in order to improve them.
Repository: Biblos-e Archivo: Repositorio Institucional de la UAM