Repositorio

Uso da teoria de resposta ao item (TRI) para analisar a eqüidade do processo de avaliação do aprendizado discente

Andriola, Wagner Bandeira
Este texto é parte de um capítulo da tese doutoral do autor, intitulada Detección del Funcionamiento Diferencial del Ítem (DIF) en Tests de Rendimiento. Aportaciones Teóricas y Metodológicas, defendida publicamente em 27 de novembro de 2002 no Departamento de Métodos de Investigación y Medidas en Educación (MIDE) da Universidad Complutense de Madrid (UCM)., O texto relata os principais achados de uma pesquisa realizada com 29.777 estudantes inscritos no processo seletivo para os cursos de graduação da Universidade Federal do Ceará (UFC) no ano 2000, cujos objetivos foram: (i) verificar a presença de Funcionamento Diferencial do Item (DIF) entre os 30 itens componentes das provas de Língua Portuguesa e de Matemática, e (ii) comparar o grau de aprendizado dos alunos, tendo sido condicionado, em ambos os objetivos, o tipo de escola (particular versus pública). Para a análise da presença de DIF empregou-se o método Mantel-Haenszel (MH). Nesse âmbito, foram detectados 13 itens com DIF (72,2% do total) no teste de Português, sendo seis casos de DIF benigno aos alunos de escolas particulares. No teste de Matemática houve 12 casos de DIF (80% do total), sendo cinco deles benignos alunos de escolas particulares. Com respeito ao grau de aprendizado dos alunos, foram detectadas diferenças significativas favoráveis aos aprendizes de escolas particulares em todos os itens do teste de Português. Em apenas dois itens do teste de Matemática, as diferenças verificadas foram favoráveis aos discentes de escolas públicas.
Repository: Biblos-e Archivo: Repositorio Institucional de la UAM